Para abrir o índice de receitas salgadas ou doces, basta clicar nos links abaixo!

RECEITAS SALGADAS

RECEITAS DOCES

OS SEGREDOS NÃO SECRETOS DA COZINHA


Para imprimir ou arquivar nossas receitas, basta clicar no link "Print PDF" ao final de cada post!

21 agosto 2009

OS SEGREDOS NÃO SECRETOS DA COZINHA

Quando alguém cozinha divinamente, muitos tendem a achar que, além do dom para esta tarefa, esta pessoa deve ter milhares de segredos guardados a sete chaves. Ou por que ela nunca erra nenhuma receita (o que considero impossível!) ou por que quando tentamos copiar, nunca fica exatamente igual ao que experimentamos.
O ato "cozinhar", assim como qualquer atividade que façamos, exige que a pessoa se doe quase que 100% por alguns minutos. Quando alguns dizem que "temos que cozinhar com amor", na verdade isso quer dizer que devemos prestar atenção no que estamos fazendo, concentrar todos os nossos pensamentos nesta tarefa e, principalmente, liberar a nossa criatividade sempre dando um toque pessoal.

Pensando nisso, o TUDO NA PANELA traz hoje os 5 SEGREDOS NÃO SECRETOS DA COZINHA! Com estas dicas e muito empenho tenho certeza que você vai virar um mestre-cuca de mão cheia!

1. Seja SEMPRE criativo! NUNCA siga 100% uma receita!

Não existe coisa mais monótona na cozinha do que seguir uma receita à risca, sem mudar um grãozinho sequer dos ingredientes. Por mais que a receita seja de uma outra pessoa, quem está preparando é você e deve SIM ter o seu toque pessoal. Lógico que você não vai mudar ingredientes-chave, como, por exemplo, a quantidade de farinha de uma massa de torta. Porém, alguns ingredientes são totalmente flexíveis e podem ser trocados de acordo com o seu paladar.

2. Para receitas salgadas, SEMPRE prepare uma BASE DE TEMPEROS.

Você comprou uma carne linda, vermelhinha, super suculenta, e vai usar apenas sal para o tempero? Num churrasco eu concordo que apenas sal grosso é suficiente para temperar as carnes e que o gostinho especial fica por conta da fumaça, mas no seu dia-a-dia isso nem sempre funciona. Nem para carnes, nem para legumes, nem para verduras.
Se você sempre fizer uma base de temperos, não tem como a sua receita ficar sem graça, sem gosto.
Isso significa:
- Ter sempre em casa vasinhos de ervas (salsinha, cebolinha, alecrim, manjericão, orégano, entre outros). Ou você compra no supermercado ou pode plantar em casa. São geralmente muito baratos e fazem toda a diferença.
- Cebola e alho são ingredientes obrigatórios na cozinha! Fazer um refogado de cebola e alho em óleo ou azeite é um clássico e combina com qualquer tipo de preparação.
- Abusar de mostarda, pimentas (molho ou em conserva), molho shoyu, molho inglês e limão.
- Ter uma dispensa de temperos secos como curry, orégano seco, páprica, pimenta do reino, entre outros.
- Colocar o sal AOS POUCOS e experimentar a cada adição.

3. EXPERIMENTE TUDO o que você faz.

Eu não acho essa parte difícil (risos), mas tem gente que cozinha e não experimenta. Como você pode saber se está gostoso, se não exagerou em algo ou faltou algum ingrediente sem experimentar?

4. ESCOLHA bem TODOS os INGREDIENTES que for usar na receita.

Não tem como enganar, se algum ingrediente não for de boa qualidade, você pode colocar a sua receita em risco. Qualidade não é sinônimo de preço alto, mas sim de bom senso.

5. Use a cozinha como TERAPIA.

Pisou na cozinha e colocou as mãos nos alimentos, esqueça o mundo lá fora. É um ótimo momento para você se desligar de tudo. O seu pensamento deve estar completamente voltado para esta tarefa. Senão a gente sabe o que acontece: arroz queimado, bife esturricado e um mau humor horroroso na hora do jantar.

6 comentários :

Vanessa disse...

Amei as dicas!!! Como tudo que vc faz...
Beijos!

Dani disse...

Adorei esses segredos!!!

bjuuus

PS. Sei q estou te devendo umas receitas lá do restaurante Carol, mas uma hora eu mando!!! rsrsrs

Ana Carolina disse...

Dani! Estou esperando ansiosa! rs
Beijos!

MiriamK disse...

Legal, Lola, é isso mesmo...como tudo, cozinhar é talento e suor. O blog está cada dia melhor e mais bonito! bjs.

Anônimo disse...

Carolina, adoreiiiii seu blog, uma gracinha!!!!!
Eu estava procurando receitas de empanadas, morei no Japão, e era muito próxima a comunidade peruana, e amo papa huancaina, empanadas, aquele doce( esqueci o nome, acho que é torrones), por acaso vc tem alguma receita de papa huancaina (acho que é assim que se escreve), eu tenho achado algumas, mais o que a minha amiga Karina fazia, não ia bolacha água e sal, nem pães, nem suco de laranja, tá difícil, eu achar uma mais parecida com a dela!!!
Bjinhos
Cristiane Harada

Ana Carolina disse...

Cristiane, tudo bom? Não conheço esta receita, mas se eu achar algo legal eu testo e te conto! Está anotada a dica! Obrigada!
beijo